Categoria: Textos

A moda de tentar adivinhar o destino de livres. Para quê?!

Está na moda marcar de livre. Aliás, 2017 está a ser pródigo em golos de livre directo. Quem iniciou esta “moda” e tendência foi Messi com 3 golos de livre só nestes primeiros dias do ano. Como ele, outros jogadores já marcaram desta forma. Hoje, por exemplo, existiram (mais mediatizados) 3 golos de livre directo: Iuri Medeiros ao Benfica, Barton ao Southampton, Moukandjo à Burkina Faso. Para o que queremos falar, chega falar dos últimos dois. Porquê? Ederson não tentou adivinhar o lance… e os outros tentaram. Vamos mostrar os lances: Barton vs Forster (Southampton): Moukandjo vs Burkina Faso:...

Read More

Dica #7 – LEVA O TREINO COMO SE FOSSE UM JOGO!

Todo e qualquer atleta que queira atingir ou manter um alto rendimento tem, obrigatoriamente, que treinar muito e ainda mais importante, treinar bem! O guarda-redes não foge à regra… muito pelo contrário. Atualmente, o papel do guarda-redes no jogo e a importância do seu treino específico tem vindo a assumir maior relevância no processo de formação e desenvolvimento do jovem atleta até à idade sénior. Contudo, esse facto não se traduz, por si só, numa melhoria drástica do desempenho do atleta. Falta o resto… E o resto, por diversas vezes, depende muito do atleta. Cada vez mais é visível a...

Read More

Um desabafo sobre o treino de guarda-redes em Portugal…

Filipe Monteiro, mais conhecido por “Pi” no futsal nacional, é treinador do Módicus de guarda-redes e hoje teve um desabafo… emotivo e acima de tudo sincero sobre o treino de guarda-redes em Portugal. Transcrevemos na integra as suas palavras: “Depois de ver o que vi esta época e no jogo de hoje mais concretamente cada vez me convenço mais de que ” nós”, treinadores de guarda-redes vamos ter muita importância, num curto espaço de tempo no ” jogo” de Futsal. O GR é requisitado tantas vezes..impressionante. Continuem a não dar valor ao nosso trabalho, Continuem a não dar tempo...

Read More

Avaliação e controlo do treino de guarda-redes

Como é natural para qualquer treinador, o processo de treino é e será sempre alvo de avaliação dos seus atletas. É no treino que o treinador tem a oportunidade de agrupar e recolher informações sobre o desempenho do atleta que possam, posteriormente, ser refletidas em competição. Por isso, e também porque é o treinador que tem de tomar as decisões, o atleta está em constante avaliação e controlo durante todas as unidades de treino em que participa, podendo estar a ser avaliado por métodos mais ou menos objetivos, fiáveis e válidos. Se tal acontece, o processo de treino só...

Read More

Dica #6 – PÉS A MEXER!

Na maioria das vezes que um guarda-redes consegue fazer levantar um estádio, a atenção foca-se exclusivamente no momento final da defesa, naquele momento em que todos começam a gritar golo e a magia surge entre os postes! Na verdade, essa magnífica defesa começa a ser desenhada uns milésimos de segundo antes do tal adorado momento. Sim, uns milésimos de segundo!! Para um guarda-redes podem ditar o sucesso ou o fracasso, a defesa da noite ou o golo da vitória do adversário… E nesses mínimos instantes, o sucesso ainda está junto à relva, nos pés! Mais propriamente no terço anterior,...

Read More

6# Rafael Rocha: Um ou Vários temas de treino por semana?

Preparar a semana de treinos baseado na observação do jogo, ou preparar os treinos por um tema por semana. Quais as vantagens de cada um? Observando o jogo: – podemos corrigir, ainda a quente, o que menos de bom foi feito; – podemos ter vários temas para trabalhar; – haverá menos saturação no tipo de trabalho; – mais fácil se enquadrar com o trabalho integrado com a equipa; – etc Um tema por semana: – aperfeiçoamento mais rápido do tema em trabalho; – poderá ser mais difícil desenhar a quantidade de tarefas necessárias sem haver saturação; – etc Quer...

Read More

Dica #5 – FAZ MUSCULAÇÃO!

Cada vez mais o guarda-redes se assume como um jogador completo, talvez o mais completo dentro de uma equipa. Essa complexidade deve-se ao facto de ser exigido ao guarda-redes um leque de atributos em diferentes ações do jogo. Assim, é natural que o guarda-redes deva apresentar bom desempenho a nível técnico, tático, físico e psicológico. Visto que todos esses níveis apresentam uma importância elevadíssima na posição de guarda-redes, o aspeto físico não pode ser esquecido! Aliando as cargas de treino em campo com as cargas de treino em ginásio, o atleta vai com certeza melhorar o seu desempenho em...

Read More

5# Rafael Rocha: Passe recuado

Uma das grandes alterações na atuação do Guarda Redes no futebol foi a de não poder agarrar uma bola passada com o pé por um colega de equipa. (1992) Esta regra fez com que o Guarda Redes tivesse de “fazer coisas” que normalmente, ou melhor, muito raramente as faria, resolver situações com os pés. Hoje em dia faz parte do trabalho diário do Guarda Redes e é mais solicitado num jogo para o uso dos pés do que das mãos. Uma dessas tarefas é o PASSE RECUADO. Dependendo da situação existem várias diferentes possibilidades: Guarda Redes sobre pressão do...

Read More

7# Integrado: A complexidade da análise do treinador

Treino: Do Específico ao Integrado A análise do treinador de guarda-redes em jogo: mais complexo do que parece… Ainda que o treino seja uma parte específica de um processo complexo, este é parte integrante e nunca indissociável ao jogo e vertente competitiva. É nele que trabalhamos para o rendimento ou para o aperfeiçoamento, conforme a idade em que estejamos a trabalhar. Contudo, e sabendo de boa parte do que se deve analisar a nível técnico ou táctico em treino, poucas vezes falamos de qual é a abordagem/análise feita durante um jogo por parte de um treinador de guarda redes....

Read More

4# Rafael Rocha: Tipos de Deslocamentos

Deslocamentos no Guarda Redes Nem só de defesas “vive” um Guarda Redes. Para se estar no local certo para a ação defensiva ou ofensiva ele tem de se deslocar. Os tipos de deslocamento dos Guarda Redes são: Caminhar, Corrida, Sprint e Salto. Acredito que num jogo de futebol o mais usado seja o caminhar, mas os outros são os principais para a ação em si. Na corrida temos vários tipos: frontal, lateral, ¾ e retaguarda. Nestes destacam-se a corrida lateral e ¾ (corrida para trás, mas com o corpo em posição diagonal) e em ambas pode ser em passada cruzada...

Read More