A defesa de uma vida – Gordon Banks

A defesa de uma vida Gordon Banks foi campeão do mundo em 66, no Mundial de Eusébio. Defendeu as balizas inglesas com mestria e inscreveu o seu nome nas páginas da história do futebol. Ainda hoje, quando nos vem à cabeça o nome do internacional inglês, recordamos um momento imortalizado pela sua dificuldade: a defesa ao cabeceamento do rei Pelé, em pleno Mundial de 70, no México. Ser guarda redes é isso mesmo, superar o impossível e fazer o que os outros recusam sequer tentar. E na arte de enfrentar o destino, Banks é rei. A vida nunca lhe...

Read More