Categoria: Análises

(Análise) A desorientação nos apoios que impedem reacção ao poste distante. Courtois vs Alavés

(Análise) A desorientação nos apoios que impedem reacção ao poste distante. Courtois vs Alavés O Real Madrid perdeu 1-0 na casa do Alavés, no dia de ontem, com um golo sofrido – literalmente – no último lance do jogo, aos 95 minutos. Num canto a favor da equipa da casa, a equipa do Real preparou a defesa ao homem no centro da área e a movimentação da equipa contrário gerou confusão na área e, apesar de Courtois defender a primeira bola, sobra para perto da baliza onde só tiveram que encostar para o golo. Mas, apesar da inépcia defensiva...

Read More

(Análise) Apoios orientados, dominar e controlar o espaço – momentos antes do 1×1 no Derby de Madrid. Eis Jan Oblak

(Análise) Apoios orientados, dominar e controlar o espaço – momentos antes do 1×1 no Derby de Madrid. Eis Jan Oblak Entender o espaço a ocupar em bola descoberta/não descoberta, posicionar-se de acordo com isso para a posterior acção – recuo para a defesa de baliza ou ataque, se colocada no espaço – e toda a técnica no 1×1 (após movimento de aproximação, fixar apoios perante o adversário se tiver a bola controlada e fazer o movimento de defesa). Tudo isto numa defesa de pensamento e execução perfeitas de Jan Oblak no derby de Madrid, que terminou 0-0. Bola coberta...

Read More

Análise: A melhoria no 1×1 e a indecisão a remates exteriores. Odysseas em Chaves (VIDEO)

Análise: A melhoria no 1×1 e a indecisão a remates exteriores. Odysseas em Chaves Para se entender a razão desta publicação é preciso rever que um guarda-redes está sempre em evolução, em melhoria contínua, e que de jogo para jogo pode ir corrigindo um ou outro pormenor em determinado contexto de jogo e piorar noutro, porque a quantidade de estímulos que recebe de um e de outro podem ser diferentes ao longo do processo de evolução, que pode diminuir ou aumentar a propensão aos erros. Se podemos apontar uma certa evolução no 1×1, principalmente com a bola dominada pelo...

Read More

Como evitar um golo pelo posição, reajuste e equilíbrio no 1×1. Mignolet vs Chelsea (VIDEO)

Como evitar um golo pelo posição, reajuste e equilíbrio no 1×1. Mignolet vs Chelsea Por Gonçalo Xavier, A Última Barreira  Hoje, para a Carabao Cup, o Liverpool foi eliminado em casa pelo Chelsea após derrota por 2-1 e teve na baliza o belga Mignolet. Teve um momento, de alguns, de grande destaque individual pela forma como de um lance difícil para analisar e encarar, acaba por evitar um golo “certo”. Para tal precisou de posicionamento, reajuste, equilíbrio no corpo para a defesa final. Sobre o primeiro, o posicionamento, com o foco na bola e no movimento do avançado, permanece com uma...

Read More

Análise: Da barreira à acção final, o caminho para um golo de livre de Sérgio Oliveira (VIDEO)

Análise: Da barreira à acção final, o caminho para um golo de livre de Sérgio Oliveira Este fim-de-semana o FC Porto venceu no Bonfim, por 2-0, o Vitória FC e o segundo golo foi marcado de livre directo, em zona central, por Sérgio Oliveira poucos minutos depois de ter entrado no jogo. E um golo em que Joel Pereira, guardião adversário, não fica bem na imagem… tanto pela acção final, como pelos momentos antes de ser cobrado o livre. Vamos por passos… mas antes, fica o lance: Primeiro ponto: O número de batedores para o livre – apenas 1,...

Read More

Helton/Ricardo: Quando as acções e a (in)correcção das mesmas geram resultados díspares (VIDEO)

Helton/Ricardo: Quando as acções e a (in)correcção das mesmas geram resultados díspares Por Gonçalo Xavier, A Última Barreira  É factual, se num resumo/ficha de jogo, aparece que o guarda-redes fez um auto-golo é imediatamente julgado. Mas, como tudo na vida, não se deixem alhear de conclusões precipitadas sem observarem… tal como acções menos correctas podem dar bons resultados. Daí a beleza do futebol porque, nem sempre, a correcção – ou falta dela – das acções nem sempre pode gerar o resultado previsto. Falamos do Boavista 1-2 Chaves de ontem, onde quando se fala de acções de GR… é preciso uma grande...

Read More

(Análise) A bola controlada, o recuo, o (des)ajuste perante o adversário, inexistência de bissectriz e a noção do 1o poste

(Análise) A bola controlada, o recuo, o (des)ajuste, inexistência de bissectriz e a noção do 1o poste Por Gonçalo Xavier, A Última Barreira  A noção da bissectriz e de protecção ao primeiro poste é das coisas mais elementares num guarda-redes, pelo estímulo desde cedo na formação e pelo feedback ser sempre nesse sentido. Quantas vezes não se ouviu algo como “não pode nunca sofrer golo no primeiro poste!”? Pois. É sobre isto que falamos e aplicamos o exemplo de Jhonatan (Moreirense) que até tem tido sucesso esta época no panorama geral, com boas exibições e defesas. Mas este pormenor já deu...

Read More

O porquê de Alisson ser um dos melhores na distribuição com os pés, agora em Liverpool (video)

O porquê de Alisson ser um dos melhores na distribuição com os pés, agora em Liverpool Por Gonçalo Xavier, A Última Barreira  O 2o guardião mais caro de sempre do futebol mundial, que custou 75M euros ao Liverpool vindo da Roma, Alisson Becker, já se começa a mostrar no seu novo clube. Em dois jogos, ainda não sofreu qualquer golo no clube a nível oficial. Mas há algo que tem espantado os adeptos: a frieza nas suas acções, confiança e qualidade. E vamos aqui destacar uma em específico que permite ao clube ter ainda mais bola, com mais qualidade, e de...

Read More

10 minutos, 2 defesas, do que é capaz Paschalakis no PAOK. A bem da eficácia, do bom ao… menos bom (video)

10 minutos, 2 defesas, do que é capaz Paschalakis no PAOK. A bem da eficácia, do bom ao… menos bom Por Gonçalo Xavier, A Última Barreira  Paschalakis é o último opositor do Benfica chegar à tão desejada fase de grupos da Champions. O guardião do PAOK é um dos destaques da equipa e um atleta “irrequieto” e desconcertante pela forma como age dentro e fora dos postes. Se tem uma capacidade atlética admirável, tem também algumas dificuldades em chegar à consistência em vários jogos seguidos, principalmente nesta época que o clube sonha com os milhões da Europa, desafio que nunca presenciou...

Read More

A assistência de Ederson: A interpretação dos estímulos dados pelos colegas (Análise)

A assistência de Ederson: A interpretação dos estímulos dados pelos colegas (Análise) Por Gonçalo Xavier, A Última Barreira  É, por todos reconhecida, a capacidade em potência da distribuição com os pés de Ederson Moraes. Desde o Rio Ave, com conhecimento mais perto dos portugueses, passando pelo Benfica e agora no Manchester City. Em todos esses locais foi bastante estimulada esta vertente do passe longo e forte e os seus treinadores têm aproveitado para o bem da equipa. Além das soluções de qualidade curtas que dá na distribuição, é também capaz de potenciar um futebol mais longo e de qualidade (ver aqui...

Read More