Categoria: Análises

O “tique” dos saltinhos e a defesa em cima da linha de golo (video)

Já tinhamos referido esta característica de Subasic perante cruzamentos. Ontem no Bastia-1-1-Mónaco repetiu o mesmo. É padrão já… Quando os cruzamentos surgem, Subasic tem a “mania” ou “tique” de dar um salto em frente, mas quase nunca avança para atacar o cruzamento. Fá-lo… e volta para a linha de golo. Isto é algo que em Julho de 2016 referimos aqui e passamos a citar: Avança quando o cruzamento parte mas grande parte das vezes não ataca a bola. Recua no posicionamento e quando o faz, fá-lo para cima da linha Mostramos o video para melhor compreensão do golo sofrido...

Read More

Quando se perde a noção da baliza no momento do recuo… eis Keylor Navas hoje

40 jogos imbatíveis. Todos eles seguidos. Ficou esfumada a hipótese de continuar esta senda incrível de jogos seguidos sem perder em poucos minutos, na derrota do Real Madrid em Sevilha por 2-1. O último golo sofrido pelo Real Madrid, deixou-nos a pensar. No minuto 92, por vezes, falta o oxigénio na cabeça para tomar as melhores decisões mediante contextos tão adversos. A forma de posicionar na área, os deslocamentos… a tomada de decisão. E, além disto, é preciso ter uma percepção do espaço significativo para tomar a melhor decisão. Foi o que  (não) aconteceu neste golo sofrido por Keylor...

Read More

A moda de tentar adivinhar o destino de livres. Para quê?!

Está na moda marcar de livre. Aliás, 2017 está a ser pródigo em golos de livre directo. Quem iniciou esta “moda” e tendência foi Messi com 3 golos de livre só nestes primeiros dias do ano. Como ele, outros jogadores já marcaram desta forma. Hoje, por exemplo, existiram (mais mediatizados) 3 golos de livre directo: Iuri Medeiros ao Benfica, Barton ao Southampton, Moukandjo à Burkina Faso. Para o que queremos falar, chega falar dos últimos dois. Porquê? Ederson não tentou adivinhar o lance… e os outros tentaram. Vamos mostrar os lances: Barton vs Forster (Southampton): Moukandjo vs Burkina Faso:...

Read More

Análise: Recuo em corrida, nunca é bom indicador para arranque rápido

Em mais uma análise d’A Última Barreira, pedimos a ajuda a Gonçalo Lopes (Treinador de GR dos Juniores do Barreirense), para discutir o 4ºgolo sofrido de Domenech na derrota por 4-1 desta semana do Valência contra o Celta. Eis o golo e a seguinte análise: https://www.facebook.com/UltimaB/videos/1078318925628067/ 1 – O guardião vem sempre a recuar, nunca encontrando um ponto onde possa fixar. Fá-lo de forma muito acelerada, o recuo não pode ser feito a correr sob pena de perder desequilíbrio em relação à jogada e a si mesmo. 2 – Ao vir sempre desse modo, acaba por não estar pronto para...

Read More

Rui, entre a passividade e a falta de reacção

Mais um momento que merece alguma análise, desta vez é considerado o golo do Wilson Eduardo ontem a Rui Patrício na vitória do SC Braga em Alvalade por 1-0. Eis o golo e consequente análise: 1ºMomento: A saída aos pés de Horta e a recuperação Ao minuto 70, Horta isola-se perante Ruí Patrício e atira ao poste. Rui sai-se bem a impedir melhor desfecho mas o avançado bracarense tem mérito em tirar da zona de defesa do guardião leonino, atirando ao poste. Após esse embate, Rui Patrício volta à baliza e orienta-se para a jogada. 2ºMomento: Os apoios e...

Read More

Moreira: Antecipação e Reacção num único lance (video)

Ontem, na derrota do Estoril em casa por 1-0 contra o SL Benfica, Moreira foi um dos destaques da partida. Apenas sofreu de grande penalidade e teve um momento algo raro num guarda-redes: Antecipação e Reacção num único lance. Ora vejam: Passamos a explicar os dois momentos: 1º Antecipação: Perante cruzamento tenso para a área, Moreira percebeu a trajectória da bola e saiu-se para desviar a bola. Se permanecesse na baliza, provavelmente iria surgir remate perigoso. Percebeu o lance (que Mitroglou estava sozinho para encostar) e não deixou que existisse remate, desviando a punhos. 2ºReacção: Após saída, desviou para...

Read More

Hesitação e fixar antes de tempo… dá em golo

A ver o Hoffenheim 2-2 Dortmund, que se disputou esta noite na Alemanha, muito se pode concluir do lance que dá o segundo golo da equipa visitante. Eis o momento (vejam a partir do contra-ataque após o Hoffenheim atirar a bola ao poste): 1ºMomento: Profundidade O passe é colocado na profundidade, entre dois defesas centrais, sendo o homem do Dortmund que recebeu a bola o último jogador da sua equipa na frente atacante. O jogador em questão, já se sabe, é bastante rápido (Aubameyang) e sabe explorar a profundidade. Sabendo isso o defesa, acompanha-o na medida do possível (tendo em...

Read More

O posicionamento de Iker num golo de defesa (quase) impossível

Numa noite onde o FC Porto viu uma sequência de jogos incrível sem sofrer golos a ser quebrada (ver aqui) , Iker viu um golaço terminar com tal feito. Apesar de tudo, num golo aparentemente impossível de defender, há um pequeno pormenor que tem de ser notado e analisado: “San” Iker deixou o seu lado direito mais descoberto que o normal (onde acabaria por surgir o golo, que podem ver aqui). Em relação à bola, não está em termos posicionais no melhor local de forma a deixar a baliza totalmente protegida. Se tivesse ligeiramente para a sua direita, poderia...

Read More

Os acertos posicionais e a lição bem estudada por Ederson no “Derby”

Muita coisa se pode concluir após um grande jogo de futebol como aconteceu esta tarde em Lisboa com os dois eternos rivais, Benfica e Sporting. Muita emoção, muita luta, muito insulto até. Tudo isso é normal num jogo tão apaixonante como este. Para nós, A Última Barreira, é um dia de análise. E hoje pode-se concluir coisas muito boas. Vamos falar a fundo de Ederson Moraes pois foi o elemento mais colocado à prova das balizas e mais decisivo para o desfecho final. Os posicionamentos para defesas decisivas (duas): Dois momentos em que foi chamado a intervir e onde,...

Read More

O jogador tem marcação e bola no pé fora da área? Então não te saias!

É uma das máximas da baliza. Se o jogador contrário tem marcação do defesa e se tem a bola controlada (mesmo que parcialmente), é imperial a manutenção do guardião na baliza (isto para lances fora da área). Salvo raríssimas excepções, tem de ser uma máxima a ser seguida. E isso foi o que Stekelenburg não fez no golo de hoje de Ibrahimovic, como podem ver no video seguinte: https://my.mixtape.moe/yoancz.mp4 O jogador do Manchester faz um passe longo, entre os dois defesas centrais, a procurar a profundidade de Ibrahimovic. O sueco teve acompanhamento do defesa e sempre a “proteger” o...

Read More