Obrigado por tudo, San Iker Casillas

O homem que tanto inspirou milhões e milhões de pessoas, e futuros guarda-redes, por esse mundo fora, termina a carreira aos 37 anos de idade (em dias, 38) após um enfarte depois do treino no FC Porto. Uma maneira triste e bruta de acabar uma carreira mas com a certeza que foi dos maiores a pisar os palcos do futebol. É daqueles que será colocado no topo dos melhores da história. E merece. “San”Iker Casillas merece isso tudo.

Um dia, os portugueses, vão entender a dimensão que é ter alguém como Iker a jogar no futebol português. Em dimensão, não houve maior. Um dos maiores símbolos das balizas que, depois de ganhar tudo em Espanha (clube e selecção), vem para Portugal e faz 4 épocas de grande nível individual que culminaram com um título nacional conquistado na época passada no FC Porto. Venceu, colectivamente, 24 títulos…. 11 deles internacionais ao longo da sua carreira de duas décadas!

Capitão de uma das melhores selecções da história – aquela Espanha que tudo venceu –  e um dos maiores símbolos do futebol profissional. Um exemplo de atleta, cidadania e de manutenção de qualidade no topo profissional. Obrigado por tudo, San Iker. Espalha agora talento fora dos relvados… que por lá já nos inspiraste. A nós e não só.

Actualização…

 

Facebook Comments