“Olá, sou o Cláudio Ramos. Jogo no Tondela e cheguei – finalmente – à selecção!”

Talvez uma das maiores batalhas já travadas pel’A Última Barreira. Não por favor, não por nada além da evidência de um rendimento desportivo superlativo no seu contexto que já fazia merecer, numa baliza que se quer em renovação nas soluções, a chamada à selecção principal de Portugal.

Foi-lhe concedida, essa hipótese, perto dos 90 minutos de jogo, na vitória de Portugal na Escócia por 3-1. Foi ele que sofreu o golo, é certo, mas nesta história existem pormenores mais relevantes a apontar que um golo sofrido do qual é totalmente isento de culpas. Torna-se irrelevante. Antes do jogo começar escrevíamos, no nosso Twitter, que a simples entrada de Cláudio Ramos no jogo, com 90, 45, 10, ou 3 minutos de jogo, era muito importante para ele mas também, numa visão mais alargada, para todos os jogadores dos clubes de “menor nomeada” em Portugal e no estrangeiro. Que com talento, trabalho, personalidade podem chegar a este patamar:

E esta mensagem talvez seja a mais importante desta entrada em jogo do guardião Cláudio, que brilha no Tondela há largas temporadas… ainda estavam na 2a liga! Ao início nunca era solução no início da época para titular mas acabava sempre as épocas a jogar. Foi assim nas divisões secundárias, onde acabou a ser o herói da subida à 1a liga, e foi assim na primeira época na 1a liga, onde safou – como nos anos seguintes – a equipa de descer com exibições inacreditáveis.

Este jogo, a começar no banco e entrar depois, acaba por ser um reflexo da sua carreira sénior até ao momento. E se em Maio, em círculo fechado numa mesa redonda do Seminário Internacional da Escola de GR Nuno Monteiro que fomos convidados para ser media partner, ele dizia que sonhava com a selecção portuguesa… pois bem, hoje alcançou. Na altura parecia utopia, nunca tinha sido convocado. Mas tudo mudou…

Depois da primeira convocatória há um mês, eis a primeira internacionalização. Hoje testemunhamos ao prémio mais que merecido de uma das maiores figuras da baliza portuguesa em Portugal actualmente. E que joga no Tondela, e chegou lá, sendo o primeiro internacional senior a jogar no Tondela. Até nisso fez história.

E um obrigado aos treinadores de GR, João Ricardo, Pedro Jorge, André Mota, Emanuel Konde, Paulo Cadete e João Martins (só no Tondela) neste trabalho de valorização do atleta.

Podem ver este último artigo, um de muitos, onde fomos falando deste tem: “Vai ficar esquecido até quando? Já não era altura de valorizar?”

 

(Carregar na imagem para ver o website e a sua oferta, entre luvas, equipamentos, materiais de treino)

Resultado de imagem para patreon logo

SUPORTAR A COMUNIDADE UB A MANTER-SE ACTIVA:

Ajudem A Última Barreira em “Patreon” com apenas 1 euros, e damos conteúdos exclusivos e personalizados à tua imagem/pedido.(clicar no link) e podem sempre enviar-nos email para ultimaabarreira@hotmail.com

 

PODEM OUVIR O PRIMEIRO PODCAST UB AQUI: (VER/OUVIR AQUI)

SIGAM-NOS NAS REDES SOCIAIS (CLICAR NAS IMAGENS):

Resultado de imagem para youtube logoResultado de imagem para facebook logoResultado de imagem para twitter logoResultado de imagem para instagram logo

Facebook Comments