O guardião Fábio, uma lenda da baliza do Cruzeiro, aos 37 anos de idade continua a ser uma referência pela liderança e qualidade no clube…

Na Taça do Brasil, o Cruzeiro enfrentava o Santos num jogo que foi a grandes penalidades para ditar quem avançaria para as meias-finais da prova. E não é que, o guardião brasileiro, defendeu 3 (das 3!) grandes penalidades para ditar a passagem à próxima fase para o seu Cruzeiro? O jogo terminou no desempate final por 3-0, numa aula de mestre de defesa de penaltis. Ora vejam:

Há 13 anos no clube, com média superior a 40 jogos por época, tem-se firmado como uma das maiores referências para os mais novos (e velhos) que admiram os guardiões, não tendo sido valorizado o seu talento ao nível da selecção principal do Brasil, com apenas 3 internacionalizações.

SUPORTAR A COMUNIDADE UB A MANTER-SE ACTIVA:

Ajudem A Última Barreira em “Patreon” com conteúdos exclusivos e personalizados à tua imagem/pedido.(clicar no link)

 

Facebook Comments