Opinião: A inflação de preços no mercado actual: Alisson, e não só

por Ivan Moreira

O Liverpool acaba de apresentar Alisson Becker como reforço para o sector das luvas. O que não causa muita impressão, pois o guardião em questão provou pela Roma que tem uma panóplia de qualidades que saltam à vista de todos… A grande questão aqui é o preço que é pago pelos clubes para adquirir estes jogadores. Acredito que a potencialização de jogadores seja um tema recorrente e nos guarda redes em específico, a evolução, o estilo de jogo, as defesas e todos os critérios que os clubes avaliam antes de avançarem para a compra propriamente dita.

Valores como 75 Milhões de euros meus caros! 75 milhões por um guarda redes! Ainda assim cada vez é mais fácil comprar jogadores por cada vez maiores preços. É um negócio autêntico. Não quero com isto menosprezar o Alisson ou a posição, aliás, quero é realçar! Se fico contente por um grande guardião ir para um clube que está a apostar forte num plantel com ambições? Deliciado… mas por 75 Milhões?

Este Mundial foi um pouco a prova disso também. Alisson jogou e remeteu para o banco por completo o nosso conhecido Ederson, mas as exibições na minha opinião foram um pouco aquém das expectativas, em volta contrária vem Ochoa…  Memo neste Mundial virou tudo e mais alguma coisa. Salvo erro li que teriam sido 22 defesas e ainda o México não tinha saído da competição. Um homem experiente nestas andanças…. 98 internacionalizações! E exibições de se tirar o chapéu! E, sabem que mais, nunca nenhum clube pagou pela sua transferência!

Por vezes a qualidade de um jogador não se demonstra na inflação dos preços das transferências mas sim no afinco do atleta na representação do clube.

Faz me crer que a moral com que chega o Alisson a Liverpool é do outro mundo. Guardião mais caro de sempre. Rotulado de jogador de topo na Roma. Será que é pressão a mais para um homem que vai encarar a posição mais ingrata do futebol?
Qual é a vossa previsão para o renovada Baliza dos “The Red’s”

 

Facebook Comments