“Só de escrever custa…

O adeus para muitos de só mais um jogador mas para mim e muitos o adeus a Quim, uma inspiração num mundo dos guarda-redes. Foi uma surpresa! Mas no fundo já todos sabíamos que iria acontecer… Mas custa quando um dos vossos ídolos decide parar de jogar…

Já não vai existir mais Quim no 11 inicial… Já não se vai ler títulos de noticias por esses jornais e blogues fora, do género ” Incrível defesa de Quim’‘… Não vai existir mais nada com Quim em campo e isso entristece-me.

Contudo saliento esta carreia…. Já o tinha dito, muito dividida entre Lisboa e Braga com as suas notórias passagens pelos clubes onde totalizou mais jogos. O seu Braga onde tudo começou e onde regressou após uma aventura em Lisboa num dos ditos 3 grandes de Portugal, o Sport Lisboa e Benfica. Mas o Aves, Quim…. o Aves… Esse foi amor para a vida toda… Um desafio para o grande Quim, o Quim que chamavam ”velho”, um desafio para os que diziam que ”estava acabado”…. no entanto ele deu uma chapada de luva branca para todos! O Homem não lutou. O Homem fez os possíveis e impossíveis para alcançar tudo o que mais desejava… e a sua humildade? Essa ficou sempre intacta.

Não quero deixar de realçar que jogou muito pelo Aves mas também como todos teve altos e baixos, mas aos 40 anos superar-se todos os dias, lutar por um lugar numa equipa em ascensão na competitiva 2ª Liga? Meus caros que a vida seja feita de lutas e de “Quins” para as lutar! Duas vezes melhor guarda-redes da segunda liga…. pó velho! Contributo para a equipa sempre em altas. Comunicação sempre lá. Atitude, acima de qualquer coisa. Guarda-Redes de topo? Sem sombras de dúvidas…. Totalizou tantos e tantos jogos ao serviço dos nossos campeonatos foi internacional por 39 vezes. Mostrou a Portugal pelas suas mãos qual o significado de perseverança! Jogou a final do Jamor com a maior classe que eu poderia imaginar. Era tudo o que desejava naquele dia… É que o meu ”velhote” fosse um Herói! Que nesse dia fosse o SEU dia. Que conseguisse o que já procurava há muito tempo. A maldita taça de Portugal. E que obra de arte que foi aquele jogo, mesmo retirando os acontecimentos externos à equipa adversária… Quim demonstrou tudo o que eu acredito.

Não me posso despedir de uma figura destas sem lhe apontar o dedo! Odeio que te reformes. 42 anos? Estás em forma homem, volta lá com a palavra atrás por favor! Que desfrutes desta fase Campeão! Meus amigos o meu sincero Adeus a um dos meus ídolos de sempre! Um abraço Quim!” – Ivan Moreira

Facebook Comments