“Uma análise diferente ao jogo da Taça de Portugal…

Longe vai o tempo em que era “o gordo” que ia à baliza. Que o escolhido/obrigado para ficar à frente das redes era aquele que tinha menos jeito com os “pezinhos”. Pois bem, ser guarda redes é ser diferente, é ter de ser diferente. Ter uma capacidade mental mais forte que um jogador de campo. Exige concentração, destreza e muita força interior. Não é fácil ser o “guardião do templo”, ser a última barreira para o objetivo de uma equipa, para o desejado golo. Um jogo de futebol depende muito deles…todas as táticas são inúteis e deixam de fazer sentido mal a equipa adversária marque um golo.

Por “culpa” ou não do guarda redes, é sempre dito “ele podia ter feito mais”, quase como se fossem super heróis, daqueles que se esticam e voam. Destacamos aqui, em relação ao jogo de domingo da Taça de Portugal, as guarda redes de ambas as equipas: Patrícia Morais e Rute Costa.

Rute Costa, 23 anos, internacional por Portugal, defende há 2 épocas as redes das Guerreiras do S. C. Braga.

Patrícia Morais, 25 anos, internacional e leoa há 2 épocas.

De lados opostos e com “sortes” diferentes ontem. Se de um lado Patrícia Morais foi a heroína do Sporting, tirando tudo, mesmo o que parecia ser um golo certo, Rute Costa, sofreu um golo, um golo que valeu uma Taça. Um “chapéu” soberbamente marcado por Diana Silva. Para nós, foram elas as principais personagens deste jogo. Não é fácil carregar nos ombros, nas mãos, nas luvas a responsabilidade de toda uma equipa. Parabéns Patrícia Morais pela conquista da Taça e por toda a época que terminou oficialmente ontem. Quanto a ti, Rute Costa, queremos mostrar aqui toda a nossa admiração pelo teu crescimento. És uma “enorme” guarda redes e tens tudo para seres a melhor. Nem sempre os vencedores são aqueles que fazem mais por isso, por vezes é só uma questão de sorte. Não é qualquer um/a que “vai à” baliza…é preciso ser-se “diferente” e vocês são! Ainda agora terminou e já temos saudades.. Até à próxima época ”

#afestadataca #bomfutebolfeminino #raparigasdabola

Por Marta Faria (Raparigas da Bola)

Uma análise diferente ao jogo da Taça de Portugal…Longe vai o tempo em que era "o gordo" que ia à baliza. Que o…

Publicado por Raparigas da Bola em Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Facebook Comments