Um título inédito que começou na alma de Quim: A experiência e qualidade aos 42 anos de idade

Ontem o Desportivo das Aves conquistou a sua primeira Taça de Portugal perante o Sporting CP, com uma vitória por 2-1. Para tal contou com o talento de Guedes, ao marcar dois golos, mas também a experiência e qualidade do seu guardião… Quim! Aos 42 anos de idade conquista a sua primeira Taça de Portugal na carreira, partilhando o feito com o clube.

Mas como foi Quim decisivo? Simples. Em breve resumo, antes de mostrar os momentos, percebeu claramente que a estabilidade da sua equipa tinha de passar por si. Ele se fosse da qualidade necessária em campo, a equipa só teria a ganhar. Era um jogo em que os jogadores do Sporting CP, depois de uma má semana por motivos extra-futebol, estavam sob pressão. E como podiam sacudir isso, contra uma equipa em teoria de nível inferior? Partindo para cima dela, quando havia oxigénio e cabeça, nos primeiros minutos da partida. E assim foi. E Quim, em pelo menos dois momentos no 1×1 contra Gelson, foi o mais capaz, evitando dois golos (um com maior dificuldade que outro). Os momentos:

Isto aos 10 e 14 minutos. Duas defesas. Duas garantias de baliza inviolada. E o que acontece poucos segundos depois? O golo do Desp.Aves num contra-ataque perfeito. Como dois momentos de aflição defensivos podem ajudar uma equipa a ganhar confiança. Este é o caso perfeito, com influência directa do guardião.

E foi isto que decidiu grande partida da partida. Uma boa entrada em jogo pode ser significado de sucesso. Neste caso… para a equipa do guardião.

 

Facebook Comments