Amir Abedzadeh é um dos nome do momento na principal liga portuguesa.

E com razões para tal.
Um dos produtos da baliza iraniana mais esperado dos últimos anos, filho do lendário guardião Ahmed Abedzadeh, tem 24 anos de idade e é actualmente o titular do Marítimo, aproveitando a lesão de Charles. Mas não só tem aproveitado… como tem mostrado outras valências algo raras em Portugal, que lhe valeu a confiança do treinador Daniel Ramos para uma aposta contínua mesmo com Charles a mostrar qualidade em quase todos os momentos das últimas épocas.
Características chave: Dono de uma agilidade acima da média, é na inteligência e abordagem ofensiva do jogo que o iraniano se destaca. No controlo da profundidade, no jogo aéreo, na distribuição com os pés (que é incrível)… tudo valências que permitem ter um controlo do seu espaço – e além – muito grande, aliado a uma confiança muito grande em si e nas suas capacidades. Isto permite à equipa jogar melhor com a profundidade, subindo a defesa linhas, e aos avançados terem bolas mais precisas na distribuição do guardião.
Um exemplo perfeito é o seguinte video… do último jogo contra o Tondela. Este Marítimo mais “goleador” não vem só da qualidade dos executantes na frente… mas também de uma equipa que está a mudar na postura de encarar os jogos (de algo mais consistente e coeso na defesa, para maior vertigem no jogo e defesa mais subida, roubando a bola em espaços mais avançados) mas pela mudança na baliza. Charles defende mais em cima da linha e é um “shot-stopper”, de reacção, fantástico. Mas isso limita a equipa em certas acções. Onde ele se destacava fora dos postes era geralmente no jogo aéreo onde é muito agressivo no ataque à bola. Não é um guardião de antecipação no espaço, por exemplo, como é Amir. Daí que são guardiões diferentes para diversos estilos e abordagens ao jogo.
Não admira nada se fosse convocado para o Mundial’18 pelo Irão de Carlos Queiroz, que está no grupo de Portugal… muito talento do guardião que chegou a Portugal para o Barreirense (CPP na altura) e em ano e meio se colocou a titular do Marítimo na 1ºliga portuguesa.
 
– Gonçalo Xavier, A Última Barreira
Facebook Comments