Pode-se dizer que, finalmente, acabou o “calvário para Giorgi Makaridze.

Afastado das contas do Moreirense, depois de uma (grande) época onde foi crucial para a conquista da Taça da Liga (ver aqui)  O guardião georgiano de 27 anos, tinha vindo a brilhar nas ligas portugueses (primeiro pelo Feirense e depois Moreirense) antes da decisão de ficar de fora da equipa esta época. 6 meses depois o Rio Ave aproveitou e acrescentou muita qualidade à sua baliza que era composta por Cássio, Rui Vieira e Carlos Alves.

Mas… porque foi uma grande contratação? Nós explicamos então…

  • No Rio Ave, o guardião é mais uma peça da equipa na organização de jogo desde trás. Estimula muito o guarda-redes activo com os pés e Makaridze tem uma técnica de pés fantástica, em reposição curta e longa.
  • É um activo de relevância no panorama monetário. Tem valor de mercado pela experiência internacional que tem e pela qualidade que apresenta. Perdeu visibilidade por problemas burocráticos no Moreirense que impediram, ao que tudo indica, uma saída mais prematura da equipa. Como havia vontade de ambas as partes na sua saída… tornou-se ainda mais barata a sua contratação.
  • Vai dar (e muitas) dores de cabeça aos técnicos para escolher o guarda-redes titular pela qualidade dentro de campo e vontade que tem de se mostrar. É dos guarda-redes mais aguerridos e ousados do nosso campeonato. Uma luta interessante à vista…
  • Experiência em Portugal: Foi decisivo na subida de divisão do Feirense e na conquista da Taça da Liga pelo Moreirense. Em dois anos de futebol português (excluindo este) apresenta 2 feitos fantásticos para clubes de menor dimensão. A exigência, no entanto, vai subir e as suas funções irão passar de um guardião “shot-stopper” para alguém mais completo tecnicamente, tacticamente e principalmente… mentalmente.

Estas e outras razões são demonstrativas da qualidade desta decisão directiva do Rio Ave que, a partir de hoje, conta com uma baliza (ainda) mais forte e completa, com uma amplitude de características acima da média.

Facebook Comments