Existem diversas formas do guardião abordar os avançados contrários no momento do 1×1.

Sendo mais cautelosos, a irem encurtando o espaço progressivamente, ou uma atitude agressiva aos pés do adversário. Foi assim, desta última forma, que José Sá evitou um golo do Desportivo de Aves ontem à noite, no empate a 1 golo pelo FC Porto. Fantástico momento.

 

Este tipo de abordagem é muito frequente na ideia de guarda-redes pelo treinador de guardiões dos “dragões”, Diamantino Figueiredo, que defende um atleta agressivo no ataque à bola e rápido.

Até o pormenor de comunicação de Sá, ao indicar com o braço à defesa que estava um avançado sozinho do outro lado em comparação com a bola mostra o foco com que estava no lance. Ora vejam o momento:

Facebook Comments