Manuel Neuer regressou há menos de duas semanas de uma lesão que durava desde a época passada, na altura das meias-finais contra o Real Madrid.

No momento, jogou cerca de 20 minutos da partida (no prolongamento) com o pé partido mas que, pela circunstância de não existirem mais substituições, permaneceu em campo com as previsíveis dores. Questionado sobre o tema, confidenciou que ainda teve algumas dúvidas se era permitida a substituição extra (já as tinham esgotado) mas que rapidamente concluiu que só se aplicava essa regra na Taça da Alemanha.

Na mesma entrevista, à Bild, gracejou com a situação de os colegas lhe passarem a bola nesse momento em que já estava com o pé partido e que garantiu, passados estes meses todos, que foi um inferno que passou tais as dores e que nem sabe como conseguia ser preciso com os pés.

Facebook Comments