Mickael Meira voltou ontem à noite à baliza do Boavista alguns meses depois.

Sofreu uma goleada em Alvalade – clube onde foi formado como atleta – por 4-0 num jogo em que foi o mais inconformado. Teve de lidar com uma equipa sem garra e com sucessivos erros que geraram um acumular dos golos sofridos num jogo em que, verdade seja dita, foi uma das melhores partidas do Sporting esta temporada.

O jogo começou logo com o Sporting a ir para cima do adversário e tentar o golo em que Mickael Meira mostrou estar atento. (ver aqui). Se no primeiro golo podia estar relativamente melhor posicionado, também é verdade que a defesa boavisteira deu espaço e aso a que Alan Ruiz tivesse um “penalty em movimento” à sua disposição para fuzilar a baliza.

Mas talvez seja melhor ver-se o resumo e perceber a dimensão dos erros da equipa do Boavista e a forma – irritada – como Mickael Meira mostrou ficar num jogo em que queria mostrar serviço após Vagner ter-se fixado na titularidade do clube e sofrido lesão à última da hora. (ver aqui o resumo).

O jovem português ainda fez a defesa da noite (e uma das da jornada) num remate de Joel Campbell:

Ser goleado e não ser prejudicado com isso? Situação rara. Esperemos que Mickael Meira não volte a ser prejudicado por algo que não está totalmente ao seu controlo. A tolerância aos jovens portugueses, em Portugal, não é elevada… infelizmente.

  • Gonçalo Xavier – A Última Barreira
Facebook Comments