Fabrice Ondoa. 21 anos de idade. Formado em “La Masia” (escolas do Barcelona) e está “perdido” nas divisões secundárias de Espanha.

Hoje, o jovem guardião dos Camarões, conquistou a CAN’2017. Conseguiu algo que Kameni nunca conseguiu. Na última conquista desta competição, o guardião do Málaga (Kameni) foi convocado… mas tinha 18 anos e era apenas uma promessa. Não fez qualquer minuto.

Ondoa tem um potencial acima da média. Despertou a atenção de todos na caminhada vitoriosa do Barcelona na Youth League em que derrotou o Benfica na final. Desde então, a sua carreira não tem sido a mais estável e a sua situação no clube prova isso mesmo. Está emprestado ao Sevilha B pelo Gimnastic. Mesmo assim, manteve a confiança na seleção e aos 21 anos já tem 30 (!) internacionalizações e fez a caminhada total até à conquista da CAN que fugia aos Camarões desde 2002. Impressionante. Aliás, nessa competição (em 2002) os Camarões não sofreram qualquer golo em toda a competição (num total de 6 jogos também). Na conquista desse ano, e da edição anterior em 2000, o guardião era Alioum Boukar que ao nível de clubes não teve uma carreira nada brilhante…

Nos 6 jogos da competição, apenas sofreu 3 golos e manteve a baliza inviolada em igual número de jogos (3). Já conta no curriculo com uma CAN e uma Youth League. Promete…

Facebook Comments