Bruno Landgraf ficou paraplégico depois de uma tragédia e encontrou na vela adaptada a oportunidade para voltar a praticar desporto.

11 de Agosto de 2006. O dia em que a vida de Bruno Landgraf, até à data guarda-redes do São Paulo e apontado como o sucessor de Rogério Ceni, mudou repentinamente.

Bruno Landgraf com Ceni, em 2010

Bruno Landgraf com Ceni, em 2010

O guarda-redes brasileiro sofreu nesse dia um grave acidente de automóvel que o deixou paraplégico e, consequentemente, lhe retirou a carreira de jogador profissional de futebol. Aos 20 anos de idade, um sonho de uma vida já tinha ficado por terra…

Depois de passar mais de oito meses no hospital, entre internamentos, cirurgias e processos de reabilitação, o antigo guarda-redes do São Paulo manteve-se forte e encontrou noutro desporto, a vela adaptada, a oportunidade de voltar a competir e retomar a sua vida de atleta, bem como a fonte de motivação mais preciosa para superar os duros obstáculos da vida.

A mudança brusca na carreira não fez com que Bruno desistisse da vida. As adversidades mudaram a maneira do atleta ver o mundo.

Eu aprendi e aprendo diariamente muitas lições com a vida. Aprendi a dar valor para as pequenas coisas, que quando você não tem nenhuma limitação ou deficiência e não precisa de ninguém, não dá valor. Agradeço todos os dias por poder acordar, e apesar das dificuldades, praticar um desporto, dar palestras, contar minha história, inspirar pessoas e principalmente, aproveitar a chance de estar aqui.

Agora, com 30 anos de idade, Bruno Landgraf prepara-se para o maior desafio da sua nova carreira desportiva ao representar o Brasil com a equipe SKUD-18 nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Desde o ano passado que Bruno Landgraf mora e treina na cidade-sede do torneio. O atleta, que esteve nos Jogos Paralímpicos de Londres em 2012, explica que assim torna-se possível ambientar-se com a Baía de Guanabara, palco da competição.

As regatas de vela adaptada dos Jogos Rio 2016 serão realizadas entre os dias 11 e 16 de Setembro.

Facebook Comments