Todo e qualquer atleta que queira atingir ou manter um alto rendimento tem, obrigatoriamente, que treinar muito e ainda mais importante, treinar bem!

O guarda-redes não foge à regra… muito pelo contrário.

Atualmente, o papel do guarda-redes no jogo e a importância do seu treino específico tem vindo a assumir maior relevância no processo de formação e desenvolvimento do jovem atleta até à idade sénior.

Contudo, esse facto não se traduz, por si só, numa melhoria drástica do desempenho do atleta. Falta o resto… E o resto, por diversas vezes, depende muito do atleta.

Cada vez mais é visível a fraca capacidade de luta das crianças e dos jovens, a dificuldade que têm para entender que “nada cai do céu”, que nada se alcança sem trabalho e dedicação e que a conquista só não tem sabor amargo se for conseguida com muito esforço, sacrifício e sentimento de que tudo foi feito para que os sonhos se façam realidade.

Um guarda-redes sem isto nunca conseguirá fazer a transformação de sonho-realidade, nunca!! E essa capacidade só a vai verdadeiramente ganhar nos treinos.

Para que assim seja, o treino tem que ser jogo, a motivação tem que ser a mesma, a disciplina tem que ser a mesma, o rigor tem que ser o mesmo e o espírito de sacrifício tem que ser ainda maior. E isso, só  o guarda-redes pode dominar e controlar.

Portanto, aproveita cada segundo do treino como se fosse o último que te conseguisse levar ao sucesso, aplica-te ao máximo em cada defesa, esforça-te em cada ação que surja para intervir como se fosse determinar a vitória ou a derrota da tua equipa, o teu sucesso ou o teu fracasso!

No futebol como na vida, o vencedor é aquele que se ergue mais vezes e não aquele que reclama em cada adversidade. As coisas boas hão-de aparecer…

DEIXA-TE DE DESCULPAS E TREINA COMO UM “MONSTRO”!!

Facebook Comments