Já tinha sido notícia o registo defensivo do Sporting CP no futsal português na fase de regular. Fizeram história com o mínimo de golos numa fase regular na história da competição (ver aqui notícia de outro recorde defensivo).

Hoje, após a vitória por 2-1 do Sporting no Pavilhão da Luz frente ao SL Benfica, o Sporting registou um recorde defensivo de especial relevância. Desde que a final é “à melhor de 5”, nunca uma equipa tinha vencido a competição com tão poucos golos sofridos na grande final. Foram 4 jogos, com a vitória na eliminatória por 3-1 dos “leões” e no total sofreram apenas 4 golos (Vitórias por 3-0, 2-1, 2-1 e derrota por 2-1).

O último grande registo defensivo existente na competição, foi numa final “à melhor de 3”, em 2006/07, com o SL Benfica a sair vencedor frente ao Sporting numa eliminatória que terminou 2-1, com resultados de 4-1 e 1-0 para o Benfica e derrota por 2-1. Ou seja, 3 golos sofridos.

Uma época de recordes para a turma de Alvalade, onde conquistaram todos e quaisquer recordes, coletivos e individuais.

Uma especial homenagem ao mister Raul Oliveira, treinador de guarda-redes do Sporting, tal como os guarda-redes Marcão, Benedito e André Sousa tal como Gonçalo Portugal que foi emprestado a meio da temporada para o Quinta dos Lombos.

Foto: César Santos

Facebook Comments