A poucos dias do Europeu’16, surgem as dúvidas (tal como a curiosidade) de como jogam os adversários de Portugal. Islândia, Austria e Hungria pertencem ao grupo dos portugueses e do nosso ponto de vista há muito para analisar das suas balizas.

Começamos com a análise aos guarda-redes da Islândia que é o primeiro adversário de Portugal, sendo este o primeiro de três artigos sobre as balizas dos adversários de Portugal. Uma das grandes surpresas do apuramento para o Europeu’16, deixando a Holanda de fora e ajudando a Turquia a ir ao Playoff.

O titular: Hannes Halldórsson

Dados:

Tem 32 anos, 1.93m. Joga no Bodo/Glimt (Noruega) e está emprestado pelo NEC (Holanda). Esta última passagem na Holanda foi a única fora da Escandinávia. Tem neste momento 36 internacionalizações pela Islândia e é o indiscutível da seleção.

Fez 9 jogos (num total de 10) na qualificação, falhando apenas o último encontro na derrota contra a Turquia por 1-0. Nesses jogos não sofreu em 6 e nos restantes 3 jogos sofreu 5 golos. Estes são os dados com que chegará ao Europeu, na sua estreia em grandes competições seja a nível de seleções como de clube.

Análise golos sofridos:

  • Islândia 2-2 Letónia: Dois golos sofridos, com a equipa em vantagem por 2-0. 2 remates de primeira e a média/baixa altura, um cruzado e o outro ao poste mais próximo. Golos sofridos aos 49 e 68 minutos.
  • Rep.Checa 2-1 Islândia: Novamente a sofrer golos com a sua equipa em vantagem no marcador. O primeiro perto do intervalo numa bola parada e o segundo aos 61 minutos que foi um erro incrível da sua parte, numa bola baixa ao primeiro poste.
  • Islândia 2-1 Rep.Checa: Um golo incrível, sem hipótese para o ângulo superior direito do guardião. Foi o primeiro golo na partida, aos 55 minutos, depois a sua equipa virou o resultado.

Características do guardião:

É muito defensivo. Com isto queremos dizer que raramente sai da linha de golo e não arrisca movimentos mais distantes da baliza. Parece lento de movimentos no que toca a remates mais baixos. É bastante comunicativo e com uma postura de liderança. Apesar de sofrer poucos golos, não é um dos pontos mais fortes da equipa. Defendem bastante bem, de forma coesa e equilibrada e não concedem muitas ocasiões de perigo ao adversário estando o guarda-redes bem protegido.

Outras curiosidades:

Nos amigáveis é sempre um dos seus suplentes a jogar. Kristinsson é o número 2 e Ingvar Jónsson é o 3ºguarda-redes. Ambos têm 26 anos e uma média de 1.91m de altura.

  • Os três guarda-redes convocados jogam na Escandinávia.
  • Quando começou a qualificação, Jónsson e o titular Halldorsson eram colegas de equipa Sandnes Ulf.
  • Os outros dois guarda-redes que entraram na convocatória eram do campeonato islandês e um deles tinha 39 anos!
  • A maioria dos golos sofridos na qualificação para o Europeu foram sofridos na 2ºparte do encontro e, principalmente, entres os 45-70 minutos!

E agora fica a questão…

Facebook Comments