Decorriam os 30 minutos de jogo com o resultado em 1-0 para o Vitória SC perante o Boavista – que terminaria 1-1 – e Miguel Silva leu o lance de forma brilhante evitando males maiores.

Com um passe longo de Mika a furar a defesa do Vitória, fez um ataque à bola fantástico no final da grande área, num movimento que tem sido habitual na escola italiana de guarda-redes. Este lance reflecte bem o trabalho com o jovem guarda-redes do seu treinador de posição específica, Diamantino Figueiredo, que potenciou por exemplo Fabiano neste tipo de lance quando estava no Olhanense.

Fica o momento:

Facebook Comments