No dia de ontem, na primeira mão dos play-offs de apuramento para o Mundial de Futsal da Colômbia, a Espanha (campeã europeia) saiu derrotada por 1-0 frente à Eslovénia. Sim, a mesma Eslovénia que no Europeu perdeu 5-1 com a Sérvia e 6-2 com Portugal.

A questão que se impõe é: qual foi a razão dessa derrota? Como não podia deixar de ser, o guarda-redes Damir Puskar foi a principal razão para a seleção eslovena não sofrer golos na partida de ontem. Os meios de comunicação social espanhóis referem mesmo que o guardião esloveno foi mesmo o melhor em campo, destacando para isso as dezanove defesas que fez ao longo da partida.
Para dar mais crédito a Puskar, é de realçar que a Espanha não terminava um encontro sem marcar golos desde 26 de janeiro de 2010, num empate a zero frente à Rússia, num jogo que acabaria por ganhar nos penaltis. Seis anos depois, a barreira eslovena Puskar deixou a Espanha a zeros.

Nada que espante o público português, visto que o mesmo Puskar, no jogo frente a Portugal no Europeu, foi um dos melhores em campo, apesar da derrota por 6-2.

Ver aqui a sua exibição: (jogo)

Facebook Comments