Na maioria das vezes que um guarda-redes consegue fazer levantar um estádio, a atenção foca-se exclusivamente no momento final da defesa, naquele momento em que todos começam a gritar golo e a magia surge entre os postes!

Na verdade, essa magnífica defesa começa a ser desenhada uns milésimos de segundo antes do tal adorado momento. Sim, uns milésimos de segundo!! Para um guarda-redes podem ditar o sucesso ou o fracasso, a defesa da noite ou o golo da vitória do adversário…

E nesses mínimos instantes, o sucesso ainda está junto à relva, nos pés! Mais propriamente no terço anterior, ou seja, na “pontinha” dos pés.

Se assim é, a característica de deslocamento na baliza deve assumir grande importância nos exercícios de treino, tal como a frequência dos apoios no solo. Esses fatores é que vão fazer com que o guarda-redes se movimente mais rápido na baliza e se posicione adequadamente consoante a posição da bola.

Por isso, se és guarda-redes e queres deixar os adeptos sem palavras para as tuas defesas, não te esqueças também de trabalhar os teus deslocamentos e aqueles saltinhos curtos e rápidos que tantas vezes são observados nos grandes guarda-redes, visto que eles são tão importantes como as técnicas específicas de queda e de receção de bola, por exemplo, e te vão ajudar muito a diminuir o tempo de reação ao remate.

Dá a devida atenção a este aspeto em todos os treinos e mesmo que os teus técnicos não te chamem a atenção para tal, tenta sempre ser o mais rápido possível a movimentar os teus apoios em cada lance que surja para intervires.

Se as restantes técnicas estiverem bem apuradas, depois de melhorares o teu movimento/deslocamento de pés e a sua frequência de apoio, certamente que grandes defesas vão aparecer quase por magia!

“PONTINHAS” DOS PÉS A MEXER E SIGA VOAR!!

Facebook Comments