Imaginam algum momento em que existe um elemento de um espectáculo que brilha mais que os restantes, estando os espectadores aborrecidos e a orquestra desafinada? Esse elemento foi o guarda-redes, no Manchester 0-0 Chelsea.

Foi um jogo apelidado de todas as formas e feitios até ao seu apito inicial. Aborrecido, chato, previsível eram alguns dos adjectivos mais simpáticos de uma enormidade de insultos. Esqueceram-se porém que duas equipas que têm dois dos melhores guarda-redes do mundo… e foram eles mesmo a dar música a este clássico!

O jogo terminou com todo o mundo, pelas redes sociais a agradecer aos guarda-redes o espectáculo. Sim, De Gea e Courtois deram espectáculo com exibições fora de série num jogo que poderia ter dado em muitos golos se tivessem guarda-redes normais. Não teve…

Foram defesas a quebrar os rins nos minutos iniciais, duplas defesas, defesas em cima da linha do golo… houve de tudo! (Ver aqui)

Dois dos guarda-redes mais adorados da actualidade e que possuem tanto em comum… Poucos anos os diferenciam, mas possuem um clube em comum: Atlético de Madrid. Lá fizeram-se homens, guarda-redes, ídolos. Courtois com mais sucesso, é verdade, mas o percurso foi a partir daí igual – o topo do mundo. É bem certo que Courtois em Inglaterra evoluiu menos que De Gea, mas também o espanhol chegou a Manchester muito “verde” e ainda por maturar. Hoje está mais maduro, tal como Thibaut passou a ser desde cedo. E acaba desta forma 2015… Apenas a olhar para os guarda-redes! 

Facebook Comments