Hoje, Nuno abandonou o comando técnico do Valência…

O clima sempre foi adverso desde o início da temporada e hoje não resistiu aos maus resultados. Dono da segunda melhor defesa no campeonato, sempre pautou pela humildade no discurso e competência, mesmo que muitos lhe queiram colocar um rótulo pela forma como chegou a Espanha e por quem o agencia.

Não nos esqueceremos, de num dos primeiros jogos de Domenech, depois de ficarem lesionados Diego Alves e Ryan, Nuno acompanhar o jovem espanhol (talvez tenha sido mesmo na sua estreia) pelo campo enquanto o aplaudia.

Não nos esqueceremos, do que foi um bom guarda-redes e que como treinador tinha gestos destes. Domenech nunca tinha jogado no Valência, ao mais alto nível, e por necessidade é certo, foi aposta do treinador português e aqueles sorrisos no final daquele jogo brilhante do espanhol, dizem tudo. O homem tinha defendido tudo, e ver o seu trabalho reconhecido pelo treinador e adeptos ao mesmo tempo… que sensação que deve ter sido!

As maiores sortes no próximo clube, mister.

Facebook Comments