A história do senhor que podia ser Neuer e que foi impedido de o ser.

René Adler, quando surgiu, era uma das maiores promessas a nível mundial. Se calhar era mesmo a maior… Brilhava consecutivamente no Leverkusen e era incrivel. Aliás, numa fase de pós-Kahn, foi um dos grandes impulsionadores da “marca” alemã na baliza. Uma nova vaga estava a surgir, e estava a romper com tudo o que existia. Era, tão novo… um ídolo para milhões.

Apaixonado, devoto, corajoso e cheio de qualidade. Eram traços de um jovem loiro que emergia por campos frios alemães. Ele era o escolhido para sucessor de Kahn, quando Rensing falhou e Lehmann era um veterano. Até que… surgiu a lesão. A lesão que abalou um dos melhores na sua altura.

Em 2007 estreava-se contra o Schalke (defendido por Neuer) e substituia Butt que estava suspenso. Foi o melhor em campo fazendo 10 defesas contra o clube que estava invencivel há 13 jogos e segurou a equipa para a vitória por 1-0. Estava criada uma estrela e viveu um ano incrivel… até ao momento de azar.

Lesionou-se gravemente no joelho antes do Mundial 2010 onde iria ser titular. Quem apareceu nessa competição na convocatória e no seu posto de titular? Manuel Neuer e o resto… é apenas história.

Como seria a vida de Adler se não tivesse aquela lesão? E as seguintes? Um momento na vida dele que não foi bom, marcou a vida de outro talento alemão que estava na sombra do monstro Adler. E hoje? Milhões adoram Neuer, e muitos dos mais novos nem sabem quem é Adler. E em tempos não foi assim… como a vida dá voltas.

Facebook Comments