Este jovem guardião, de 21 anos, há muito que espera uma oportunidade. O dono do seu passe é o Stoke City, que tem a baliza guardada pelo gigante bósnio Asmir Begovic, sendo uma das grandes figuras da equipa. Pela impossibilidade de jogar mais vezes no clube, está emprestado por breves meses ao Derby County da 2ºliga inglesa. Tem brilhado, como é seu costume, mas enquanto existir o bósnio na baliza do seu clube de origem, não há hipóteses de jogar e brilhar.

Num país escasso de guarda-redes de qualidade nos últimos anos, de onde emerge exclusivamente Joe Hart do Manchester City, vê nele uma das grandes esperanças para a baliza. Alto, ágil, rápido e com uma inteligência fora do normal. É o titular da seleção inglesa de sub 21, e espera atingir a fase final do Europeu, competição que mostra – por norma – guarda-redes de grande qualidade. Poderá ser essa a grande montra para mostrar o seu talento… mas terá que esperar até lá. E no Stoke… só com a saída de Begovic é que poderá aspirar a algo mais. Até lá fica apenas a assistir o bósnio a brilhar.

Facebook Comments