Referenciado para o Mónaco, Nardi foi a desilusão de Toulon. A França, sua selecção, perdeu por uns expressivos 5-2 frente ao Brasil na final do torneio.

O guarda-redes que actua no Nancy e que esteve quase a subir de divisão foi uma das figuras da caminhada da sua equipa. Aparece ligado a vários clubes como PSG, Mónaco e clubes ingleses e neste torneio jovem não esteve no seu nível.

Apesar de ser portador de uma técnica apuradíssima e de voos espantosos, não é apenas disso que vive um guarda-redes. É instável no ar, tendo sofrido vários golos de canto na competição a ficar “a meio do caminho”, de muita hesitação e instabilidade mental. Nardi mostrou também bastantes debilidades nas reposições com os pés, tendo inclusivamente “oferecido” lances de perigo ao adversário dessa maneira.

Um guarda-redes com bastante potencial que apenas não esteve no seu melhor na competição. Acompanhem-no que ele se estiver com a cabeça no lugar, pode agarrar as oportunidades que vai ter na vida.

Facebook Comments